terça-feira, 9 de julho de 2013

Solitário...

Algumas pessoas não se encaixam em lugar nenhum, outras se encaixam perfeitamente bem em qualquer lugar. Sempre achei interessante não ter lugar nenhum e encontrar aquelas pessoas que também não tinham o seu lugar. Hoje, não ter um lugar é triste e bem solitário por algumas vezes, porém essa solidão não se trata tanto de amigos ou de alguém que te apoie nas horas difíceis se trata de uma solidão quase que própria. 
 Quando se é criança e não tem o seu lugar, você inventa um. Quando cresce um pouco aprende a encontrar aqueles que assim como você também inventavam um lugar. Depois que o tempo passa mais um pouco, a solidão surge e então se percebe que é dela que se precisa inventar algo novo. Á partir da solidão tudo volta a ser como na infância, passamos a criar mundos inteiramente nossos, mundos que poucas pessoas tem acesso. 
         

Nenhum comentário:

Postar um comentário