quinta-feira, 27 de junho de 2013

Paradoxo...

  Não é irônico sair e descobrir que é a hora e o local errado? Ter sol o dia inteiro e bem na hora em que você coloca o pé pra fora de casa começa a chover sem parar? Estar vivo por fora, mas morrendo por dentro? Ter muitas perguntas sem nenhuma resposta? Achar que tudo acabou, mesmo sabendo que amanhã tudo se ajeita? 
  ironia, falta de sorte, desespero, questionamentos, pessimismo. É tão normal passarmos por isso naqueles momentos tão nossos. Momentos como: Estar dentro daquele ônibus lotado logo cedo e começar a vagar para longe pensando em tantas e tantas coisas ao mesmo tempo ou quando olhamos para o céu em uma tarde ensolarada ou chuvosa onde o tempo prende nossos pensamentos por longos minutos. 
  Possivelmente tudo seja apenas um paradoxo. Como ser caridosa por comprar um cigarro para um fumante compulsivo em um dia chuvoso para que ele não enlouqueça. Com que propriedade se interpreta o que é um paradoxo? Quando a vida passou a ser um paradoxo? O que você vê quando olha no espelho se não o paradoxo de algo que deveria ser quando não é...? 

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário