quarta-feira, 17 de abril de 2013

Escrever...


Na real o fato sobre escrever é criar um mundo que não existe. Uma mentira, uma vida paralela, ninguém quer ler nada que se compare ao próprio mundo ou a própria vida. As pessoas leem coisas pra fugir da realidade em que se encontram e quem escreve cria uma realidade que gostaria de viver. Imaginem só viver em Neverland? Na terra média ou sei lá mais onde.
Quem leria uma narrativa sobre uma vida comum e insuportável? Sem nenhum propósito sem nenhuma realidade paralela, sem fantasia? Apenas a Verdade, ninguém leria, ninguém gosta de encarar isso.
Sorte daqueles que podem vagar por mundos alternativos e viver nem que seja por poucos minutos fora da própria realidade aquela onde existe uma vida infeliz e desesperadora e ir para longe, por lugares que ninguém nunca visitou antes cheios daquilo que é mais legal no mundo inteiro. Nessa realidade não existem infelicidades, expectativas, tomadores de sonhos nem falta de perspectiva só existe aquilo que a própria pessoa imagina. Isso acaba sendo tudo... Tudo o que há no mundo, o mais importante, o que faz com que aquele maldito mundo de tédio, aquela prisão não tome conta do que há... Precisa-se de uma mente aberta! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário