quinta-feira, 25 de abril de 2013

Aquela tarde...


Aquela tarde, sim aquela tarde. Perfeita e simples. Não importava se estava chovendo, se estava frio ou nublado. Tudo que existia eram os dois juntos em uma perfeita sintonia jamais sentida nenhuma vez por nenhum deles. Não era possível saber o limite do tempo, pois tudo estava parado e quando não estava assim movia-se lentamente. Nada, nada, nada mais importava á eles. Nem problemas, nem duvidas, nem se chovia ou fazia frio.
Cada sentimento, cada palavra, cada olhar era tudo que importava. O que mais queriam é que durasse muito mais tempo, que pudessem apenas ficar lá, nunca sair, ficar juntos era o importante na verdade. Tudo ficou guardado minuciosamente na mente deles cada segundo daquela tarde, ficará guardado pra todo sempre para os dois e mais tardes nubladas viram para eles, com o tempo... 
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário