sexta-feira, 19 de abril de 2013

Algo concreto...

Como criei essa dependência não sei. O que sei é que não tenho mais forças para ficar longe dele nem um segundo se quer. As vezes imagino que ele ficaria melhor sem mim, que minha vida insuportável tornaria a dele assim também, então fecho meus olhos e vejo os dele com aquele azul profundo e depois desse pensamento tudo o que sinto é uma dor quase que insuportável seguida de algumas lágrimas frias. 
 Existe um pedacinho meu que está lá com ele e não poderei mais recupera-lo, pois eu o entreguei á ele quase sem perceber e não me arrependo nem um segundo se quer, afinal eu escolhi fazer isso naquela tarde nublada e chuvosa. Eu escolhi amá-lo, escolhi ser teimosa, fiz tudo ao contrário e faria tudo outra vez, pois pela primeira vez na vida fiz algo que realmente queria e agora ele é tudo pra mim. Quando fecho meus olhos posso ver tudo o que já aconteceu girando na minha cabeça o que me deixa feliz, porque o que eu sinto é de verdade, é real não criei isso para ter momentos de felicidade, é algo concreto. Alguém realmente me ama...
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário