sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Sorrir... :D


É uma capacidade bem minuciosa, requer certa atenção para detalhes, logo infelizmente não são todas as pessoas que conseguem olhar e guardar um sorriso. Enquanto que outras conseguem guardá-los com uma grande riqueza de detalhes: o que eles significam, porque a pessoa sorri o que ela quis dizer e o mais importante, se o sorriso é  verdadeiro. 
 Imaginem ter alguém que presta atenção em todos os seus sorrisos e fala sobre eles com detalhes que ninguém jamais havia notado antes, o melhor é sorrir para essa pessoa sem esforço, sem aquele sorriso diplomático e falso, isso porque a única coisa que você quer fazer quando olha para ele é sorrir, sorrir e sorrir! 
      
    

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Passou...

 Cada vez mais, segundo após segundo, está lá aquela sensação que é capaz de consumir, que me tira do sério, acorda-me dos sonhos. Impossível descrevê-la ou até mesmo a nomear, apenas está lá parece que não passa; é tão sufocante e frustrante que nem eu mesma posso explicar.
 De pensar que tudo foram flores durante uma semana inteira, período relativamente grande sem fracassos para uma vida tão conturbada. O que restou agora? Que droga de sensação é essa? Por que não vai embora? Será um aviso? Será o conhecido pessimismo? Desespero? Confusão? Não... 
 Ouço risadas ao longe dentro da minha mente mostrando que posso estar errada, mas dane-se! Vivo sob uma uma teimosia constante. Teimosia essa que me corrói os sentimentos, que nunca esteve certa e no final me acompanha durante noites e mais noites de choros contínuos. E o que sobra? Nada além daquele tão conhecido vazio, cada vez mais fundo. 
          

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Gostaria de ter...


 Existe uma diferença estreita entre aquilo que queremos e aquilo que gostaríamos de ter. Querer é simples e concreto enquanto que a outra expressão é um simples desejo como: “gostaria de ter conseguido, gostaria que tivesse dado certo.” Essas duas frases facilmente podem ser acompanhadas pela palavra não. “Mas não consegui”, “mas não deu”, o gostaria é quase que um lamento que sai de nossas bocas quando alguma expectativa não foi alcançada por algum motivo!
          Expectativas e mais expectativas, são coisas que criamos a todo tempo com tudo. Elas servem pra esconder o medo crescente que sentimos das coisas não darem certo. Como é difícil ter que conviver com o incansável “gostaria” que está sempre lá nos lembrando dos nossos fracassos.
         Fracassamos no amor, em não magoar outras pessoas, nos planos, nas amizades, com relacionamentos, conosco. O fracasso nos traz um medo imenso de seguir em frente ele deixa tudo tão incerto a ponto de nos fazer desistir de tudo, até do que nos faz mais feliz por um momento!