quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Ela...


         Sentada em seu quarto, uma brisa leve entrava pela janela, escondida de tudo, todos e de si! Nada, nada pra ela nunca importou nem pais nem amigos nem amores! Como viver assim? Não se sabe, pra ela só existia ela, ela e ela!
         Vida amargurada, dias que nunca passavam, amores que nunca chegavam, amizades que não eram concretas somente uma amiga tinha: ela. Falava com ela mesma, não acreditava existir uma pessoa que a entendesse de alguma forma afinal nunca fora compreendida!
         Uma coisa a desesperava a ideia de não existir somente ela no mundo. Ao mesmo tempo se sentia curiosa para descobrir como era o mundo além dela própria, então tomou a mais ousada das decisões de sua vida: sair e descobrir o que havia além dela mesma.
        Descobriu um imenso mar de possibilidades e pessoas era fantástico! Pessoas iam e voltavam, sorriam, se apressavam, cantavam, conversavam, amavam. Ela estava realmente maravilhada com tantas coisas ao mesmo tempo. O que mais chamou sua atenção foi que cada pessoa trazia algo em sua expressão, algo marcante que representava um sentimento.
      Ela percebeu que cada um vive em seu próprio mundo mas isso não impede ninguém de viver, independente dos problemas e dramas, sofrimentos ou dor. Cada um está lá começando um novo dia, uma nova vida a cada nascer de sol. Ela não queria ser mais ELA! Agora tudo o que queria era viver nesse mundo de outras pessoas também! 

                     
                

2 comentários:

  1. Mandou bem , falou bonito linda , estou nesse mundo do blog a pouco tempo e ja estou amandooo, e seu blog conheci navegando na net, e ja estou participando, retribui? Favor? Valeu Linda ;)

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada, fico feliz que tenha gostado e retribuo o favor sim, só preciso do seu blog ok? bjus querida... :D

    ResponderExcluir