quarta-feira, 12 de dezembro de 2012


     Caminhando sozinha, lentamente algumas vezes paro para observar as pessoas que encontro pelo caminho, outras olho para o céu onde encontro nuvens se formando. Gostaria que o caminho durasse mais para que todos os meus devaneios fossem respondidos. Quando chego ao fim do caminho gosto de olhar para traz onde posso ver tudo o que percorri em tão pouco tempo e as coisas que deixei para traz e não notei.
    Assim é a nossa vida, com caminhos tortuosos, meias palavras, dores e sofrimento. Dizem que isso tudo nos leva para algum lugar onde somos pessoas adultas e podemos lutar contra isso para poder olhar para traz e admirar nosso crescimento como pessoas! Hoje somos uma coisa e amanhã já estamos diferentes, um pequeno detalhe pode mudar tudo mesmo que não pareça possível.
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário