sexta-feira, 23 de março de 2012

Garota não pratica.

Lize era uma garota legal. Ela era um pouco diferente das outras garotas, tinha uma habilidade muito prática de ser amiga de meninos, não que não tivesse amigas meninas, mas ela achava muito mais fácil e prático ter amigos meninos. Porém Lize imaginava o dia em que conheceria um menino diferente de todos os amigos que já tivera e parecia ser uma coisa muito distante.
 Durante alguns devaneios que teve, ela se via em um grupo só de meninas e imaginava como seria, pois as vezes achava que se fosse assim o tal menino que a entenderia chegaria mais fácil, assim como acontece com suas poucas amigas, mas logo afastava de si essa ideia. Talvez muitas meninas gostariam de ser como a Lize: práticas.  
 Um dia então aconteceu, Lize viu um menino entrando na biblioteca e pela primeira vez, se sentiu nervosa não sabia o que fazer, não sabia o que falar, nem a onde ir. Nesse momento ela se sentiu como qualquer outra garota não pratica. Seus amigos não sabiam nada sobre a quele menino, mas ela queria saber tudo. Passou a observar que ele ia todo dia á  biblioteca, demorou mas depois de um tempo ela foi falar com ele.
A Principio eles não ficaram amigos, eles implicavam um com o outro o tempo todo, tudo o que ela falava ele rebatia e vice e versa. Depois de algumas semanas, ela demonstrou que merecia a confiança dele e foram ficando cada vez mais amigos, e Lize ia gostando cada vez mais dele. Porém, nunca falou de seus sentimentos para o garoto, muito pelo contrário quando seus amigos diziam que ela gostava dele, negava. 
 Um certo dia o "amigo de Lize" disse que pra ele, Lize era como uma irmã, ela sabia o que isso significava, pois seus amigos diziam isso o tempo todo, mas essa foi a primeira vez que  se sentiu chateada com isso. Após esse episódio Lize se acovardou e nunca disse nada para ele, passou a gostar de outros meninos mas nunca Como gostava do "amigo". 

   
 Bom, eu não costumo escrever muitos textos assim, não sei nem se ficou legal, porém um amigo meu que escreve muitoooo me sugeriu fazer um texto diferente dos que eu estou acostumada a escrever, então se você perdeu seu tempo lendo isso culpe o meu amigo, ahahahhaha brincadeira, culpe a mim porque não sou tão criativa como gostaria! 
 Obrigada Otavio por corrigir meus erros de concordância, ou pelo menos por tentar. 

 


2 comentários:

  1. Ficou muuuuito legal, fofo, perfeito! Eu acho que vou contratar você para escrever umas coisinhas pro meu livro!!!
    Bjuss
    Doris

    ResponderExcluir
  2. ahahahhahaha
    que isso amiga, vc escreve muitooooo melhor!!!
    Obrigada, bjão!

    ResponderExcluir